Dermatologista explica que a rotina é mais importante que a escolha dos produtos para a saúde da pele

Muitas pessoas focam muito mais no produto que estão usando do que propriamente a rotina de cuidados para a saúde da pele. A médica dermatologista Paula Sian, explica que os cuidados e a saúde da pele estão muito mais atrelados ao hábito de se cuidar do que os produtos em si.

Dermatologista explica que a rotina é mais importante que a escolha dos produtos para a saúde da pele

Paula Sian, médica dermatologista fala sobre os cuidados que não devem ser negligenciados pela mulher

Mais do que celebrar o mês da mulher, a data nos convida para reflexões a respeito do papel delas na sociedade e a todas as expectativas depositadas. Além das múltiplas responsabilidades, ainda existe uma exigência da sociedade para ser aceita, que muitas vezes são negligenciadas pela rotina maçante.

Paula Sian, possui um consultório de dermatologia clínica na zona sul de São Paulo, e afirma que a especialidade médica tornou-se quase que em sua totalidade feminina, como se fosse uma extensão das especialidades que cuidam da saúde feminina. “É comum me deparar com pacientes que chegam ao atendimento decididas sobre alguns procedimentos, por pura pressão social. Muitas delas sofrem com as comparações e tentam se encaixar nesses padrões, de forma rápida e com pouquíssimo esforço” – explica a médica.

Culturalmente, a beleza está associada ao feminino, como se para ser mulher, fosse necessário que alguns pré-requisitos devessem ser atendidos. “A moda agora é zero pelos, magra, barriga negativa, pele lisa e sem manchas, sem rugas, cabelos longos e fartos e corpo tonificado” – afirma Paula. Segundo ela, esse é um padrão quase que impossível para muitas mulheres, por conta das demandas diárias, por isso os cuidados devem sobrepor procedimentos estéticos do momento.

Por essa razão, a médica defende que elas devem cuidar de sua aparência, mas desde que seja um desejo genuíno e não social. O corpo feminino amadurece mais rápido que o masculino, consequentemente, também envelhece mais rápido. As fases da adolescência e da menopausa são marcantes para as mulheres. As mudanças são intensas e não só na parte física, mas no emocional também.

Paula separou algumas dicas essenciais para quem pensa em cuidados permanentes. São eles:

 

  • Passar hidratantes e protetor solar: esse é o primeiro passo, onde você mostra autocuidado e disciplina consigo mesma. Passar cremes não é frescura. Um bom hidratante e protetor solar são fundamentais para manter a pele bonita por toda a vida. Existem variedades de cremes, géis e séruns que se adaptam aos mais diferentes tipos de pele.

 

  • Fazer laser para manchas e vasos: o processo de envelhecimento é gradual e traz ao longo do tempo consequência difíceis de evitar. Ou seja, conforme a idade vai avançando, as manchas e os vasos vão aumentando. No caso dos vasos, especialmente nas pernas e coxas devem ser tratados primeiro pelo Cirurgião vascular frequentemente, principalmente quem possui histórico familiar de varizes, sobrepeso ou pernas longas.

 

 

  • Laser terapia: existem múltiplas tecnologias. Cada uma delas traz um cuidado e beneficio diferente: queimar vasos, manchas, trazer renovação, estimulo de colágeno, melhora da firmeza, efeito lift, tratar estrias e cicatrizes de acne. Para ter um bom efeito, é importante ser tratado por um médico dermatologista.

 

  • Peelings químicos: trazem renovação rápida e segura para a pele, com poucas complicações. É um método mais antigo, mas de menor custos e boa eficácia. Indicado para melasma, cicatrizes de acne, acne resistente, estrias, manchas de sol.

 

  • Toxina botulínico: o procedimento é o mais procurado nos consultórios dermatológicos pela rapidez e eficácia no resultado. A diferença entre o “antes” e o “depois” é muito visível. Com baixos riscos e durabilidade de quatro a seis meses, melhora muito a autoestima. A melhor indicação para a toxina é ter linhas de expressão leves, para evitar que se aprofundem com o tempo e se tornem rugas profundas.

 

  • Preenchimento com ácido hialurônico: o produto tem múltiplos benefícios, pois além de dar volume em áreas mais emagrecidas ou fundas, estimula a produção de colágeno no local. Ou seja, mesmo após um ano, período em que o produto já foi reabsorvido pelo corpo, houve produção do colágeno no local, melhorando a sustentação e espessura da pele.

 

  • Fios PDO: são fios com múltiplas funções. Podem fazer sustentação de áreas flácidas, preencher áreas mais emagrecidas e estimular colágeno na pele. São muito seguros para usar nas pálpebras e testa, regiões mais sensíveis de se fazer preenchimento, por exemplo.

Para finalizar, a médica alerta para o cuidado na escolha dos profissionais que irão cuidar da saúde do seu corpo, pois um erro pode comprometer não só a saúde física, mas também emocional.

Dra. Paula Sian (Dermatologista)

Dermatologista desde 2007, Paula Sian Lopes é formada pela Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP), onde também fez residência em Clínica Médica e Dermatologia. Especializou-se em Farmacodermia e Dermatoses Imunoambientais na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e em Medicina Chinesa e Acupuntura na Associação Médica Brasileira de Acupuntura (AMBA).

Desde 2011, Paula atende em seu consultório próprio com o viés em Dermatologia clínica, estética e cirúrgica, tanto para adultos como crianças. Além disso, a especialista realizou serviços voluntários no ambulatório de alergias da UNIFESP, de 2013 a 2017.

A médica também é escritora e acaba de lançar o “Um burnout para chamar de seu”, um livro que relata, pelo ponto de vista do paciente como é conviver com o burnout.

CRM: 111963-SP RQE Nº: 38348

https://www.instagram.com/drapaulasianlopes/

Gostou dessa matéria? Então assine nossa Newsletters para receber as novidades em primeira mão, basta cadastrar seu e-mail no campo Receba as novidades.

comCarinhoMariaUlhoa
  Siga o Blog Maria Ulhôa nas redes sociais:
FacebookTwitterYoutubeInstagram
Deixe uma Resposta.